I N N O V I O

Carregando...

“Estudar para ganhar dinheiro”. Essa é a máxima de todo pai para seu filho e algo que nunca sai de moda. A questão da empregabilidade é mais importante do que nunca e cada vez mais as pessoas voltam seus olhos para as profissões que mais empregam.

Afinal, a taxa de desemprego no Brasil já alcançou o recorde de 14,4% no primeiro trimestre desse ano. Essa é a maior taxa desde 2012 e há cerca de 13,8 milhões de desempregados atualmente.

E como contornar isso? Começando a visar os cursos no Brasil e profissões com maior empregabilidade. Prossiga com a leitura e confira as profissões mais valorizadas no mercado de trabalho!

O que é empregabilidade?

“Uma área em alta anteriormente pode hoje ser obsoleta. Uma área pouco observada antes pode ser hoje uma tendência. Por isso, você deve sempre prestar atenção no mercado!”

Empregabilidade se trata do conjunto de conhecimentos, técnicos e comportamentais, buscados pelo mercado de trabalho. É a capacidade de conseguir um emprego e também a aptidão de mantê-lo.

  • Empregadores buscam pessoas que apresentem as competências necessárias para o cargo;
  • Também buscam a redução de custos, aumento da produtividade e melhoria do nível dos serviços prestados.

Por isso, empregabilidade é também sobre saber se inovar e criar soluções criativas em seu cargo. Dessa forma, é possível não ser parte da taxa de desemprego no Brasil.

Quais são os pilares da empregabilidade?

Empregabilidade não é apenas sobre fazer determinado curso, mas também sobre se manter adequado ao cargo. Por isso, há 6 pilares na empregabilidade:

  • Adequação vocacional, ou seja, sua aptidão profissional;
  • Competência profissional, ou seja, a capacidade do profissional de se manter atualizado frente as inovações na área. Inovações costumam ser acompanhadas pelos cursos EAD;
  • Idoneidade, ou seja, o cumprimento com aquilo que foi acordado entre profissional e empresa;
  • Saúde física e mental, ou seja, o equilíbrio entre vida pessoal e profissional;
  • Reserva financeira, ou seja, uma garantia contra instabilidade na carreira;
  • Relacionamentos, ou seja, a construção de relacionamentos que podem se mostrar como oportunidades de trabalho.

Como desenvolver as competências que melhorem sua empregabilidade?

  • Invista em cursos EAD no Brasil  para se capacitar ao cargo;
  • Busque as profissões que mais empregam;
  • Aperfeiçoe comunicação verbal;
  • Construa bons relacionamentos;
  • Leia sobre diferentes temas, amplie seu conhecimento;
  • Pratique o trabalho em equipe.

Ao trabalhar esses aspectos em sua carreira, você será capaz de contornar a taxa de desemprego no Brasil. Para lhe ajudar, aqui vão algumas das profissões mais valorizadas no mercado de trabalho!

Empregabilidade: quais são as profissões mais valorizadas no mercado de trabalho?

Para conseguir empregabilidade, é importante que acompanhe o mercado de trabalho e as mudanças da economia. Além disso, você deve entender que região, competência, dedicação, experiência, adequação, etc, impactam na contratação.

Contudo, há sempre aquelas profissões que se mantém estáveis no mercado, conseguindo obter uma demanda constante. Falarei desse tipo e de outros tipos aqui.

Confira agora as profissões mais valorizadas no mercado de trabalho!

Administração

Com quatro anos de duração, o curso de Administração pode ser encontrado na maioria das faculdades brasileiras, principalmente no formato EAD. Um dos cursos mais procurados, é também um dos mais visados pelo mercado.

Para o cargo, se busca um profissional capaz de tomar boas decisões, controlar operações e gerir uma empresa com segurança. Além disso, deve ter uma boa visão empreendedora para melhorar a empresa no futuro.

Por isso, há uma grande concorrência na área, sendo necessário investir em formação de qualidade e em pós-graduações. A partir do curso, você pode assumir cargos como:

  • Direção;
  • Gestão de Operações;
  • Auditoria de Processos;
  • Análise de Riscos;
  • Especialista em Fusões e Aquisições.

Direito

Apesar de tradicional, Direito possui algumas das profissões que mais empregam sempre, pois é versátil. No caso, a nova tendência do direito é o aluno formar uma carreira multidisciplinar, ou seja, com especialização em várias áreas.

As áreas são:

  • Recuperação Judicial;
  • Direito Tributário;
  • Contencioso/Cível;
  • Arbitragem;
  • Direito Trabalhista;
  • Direito Digital;
  • Direito Societário;
  • Fusões e Aquisições;
  • Compliance.

É um curso disputado – se trata da graduação com maior número de matriculados no Brasil – e conta com duração média de 5 anos. É disponível apenas na modalidade presencial e, para exercer cargo, é necessário passar na prova da OAB.

Ciências Contábeis

O contador é alguém que pouco sofre com o desemprego, principalmente porque toda empresa precisa de um profissional que conheça bem o Sistema Tributário Brasileiro.

Por isso, um profissional das Ciências Contábeis deve ser capaz de elaborar um bom plano financeiro e de controlar a entrada e saída de recursos. Ele trabalha com finanças, tributos, contas a pagar, orçamentos, investimentos, auditoria, etc.

Com isso, se capacita para cargos como:

  • Análise de crédito e risco;
  • Planejamento tributário;
  • Controladoria;
  • Auditoria contábil;
  • Etc.

Se trata de um bacharelado com 4 anos de duração e ofertado no formato EAD também!

Estatística

Apesar de não tão popular quanto outras áreas citadas aqui, Estatística é uma área cativa sempre e que está toda hora em expansão. Afinal, cada vez mais a estatística se torna importante para o mercado.

Se trata de um curso com duração média de 4 anos, que oferece em sua grade curricular disciplinas como:

  • Equações Diferenciais;
  • Análise Matemática;
  • Probabilidade Avançada;
  • Tópicos Avançados de Inferência Estatística;
  • Modelos Lineares Generalizados.

Com isso, o aluno cria um perfil capaz de decifrar números e tendências com facilidade, podendo alcançar cargos em áreas como Inteligência de Mercado. Contudo, é um curso de difícil acesso – um dos mais concorridos em instituições públicas.

Gestão da Informação

Se trata de um curso novo, mas a Gestão da Informação já forma profissionais em alta, principalmente nas grandes empresas. Elas buscam profissionais que analisem volumes gigantescos de dados e que extraiam daí informações estratégicas.

Esse curso costuma durar, em média, 2 anos e meio, e capacita o aluno através de matérias como:

  • Organização de Computadores;
  • Algoritmos;
  • Entrega e Suporte em TI;
  • Gestão de Serviços em TI;
  • Etc.

Se trata de um curso tecnólogo que lhe forma para funções como: Analista de Tecnologia da Informação, Coordenador de Sistemas de TI e Gerente de Projetos em Tecnologia da Informação.

Recursos Humanos

Outra área em alta é a de Recursos Humanos, que sempre acaba sendo uma necessidade dentro da empresa. Esse profissional lida com contratações, demissões, pagamentos, benefícios, treinamentos, carreira, etc.

Para atender a esse papel, o ingressante em Recursos Humanos tem uma grade curricular com:

  • Recrutamento e Seleção;
  • Treinamento e Desenvolvimento;
  • Gestão de Folha de Pagamento;
  • Gestão de Benefícios;
  • Comunicação Empresarial;
  • Comportamento Organizacional;
  • Empreendedorismo;
  • Ética e Relações Humanas no Trabalho;
  • Gestão de Pessoas;
  • Etc.

Se trata de um curso com 2 anos de duração, com diploma de nível superior e capacidade de aprender conceitos do Direito e da Psicologia.

Tecnologia da Informação

Apesar de ter muitos profissionais no mercado, sempre há demanda por mais formados em Tecnologia da Informação. Se trata de um curso com 2 anos e meio de duração e que lhe habilitará como Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação.

O mercado busca por experts em infraestrutura, desenvolvimento de aplicativos, arquitetura de sistemas, plataformas mobile e Web, etc. Para ter essa formação, o aluno aprende matérias como:

  • Organização de Computadores;
  • Algoritmos;
  • Entrega e Suporte em TI;
  • Gestão de Serviços em TI;
  • Etc.

Com isso, pode assumir cargos como Analista de Tecnologia da Informação, Coordenador de Sistemas de TI e Gerente de Projetos em Tecnologia da Informação.

Engenharia de Produção

Para ser um Engenheiro de Produção, você deve ter uma formação que lhe permita pensar em formas de reduzir custos e aumentar produtividade. O papel do engenheiro é projetar, implantar e otimizar processos de produção de bens e serviços.

O curso dura, em média, 5 anos e conta em sua grade curricular matérias como:

  • Administração de Recursos Humanos;
  • Cálculo Diferencial e Integral (I, II e III);
  • Controle de Qualidade;
  • Contabilidade e Finanças;
  • Ciências Econômicas e Administrativas;
  • Cálculo Numérico;
  • Desenho Técnico;
  • Etc.

Apesar de ser um curso longo, se trata de uma opção que se pode estudar tanto no formato presencial, quanto no formato EAD!

Pedagogia

No Brasil, há uma enorme rede de escolas públicas e privadas, o que permite um índice alto de empregabilidade. Através da Pedagogia, o aluno é capacitado para atuação em escolas de ensino fundamental e infantil, além de administração de instituições de ensino.

A duração do curso é de 3 a 4 anos, que se divide em atividades acadêmicas curriculares, práticas pedagógicas, estágio obrigatório, TCC e atividades complementares. Dentro da carga curricular, há disciplinas como:

  • Educação e Tecnologia;
  • Filosofia da Educação;
  • Psicologia da Educação e da Aprendizagem;
  • Didática;
  • Gestão Educacional;
  • Ludicidade e Educação;
  • Educação de Jovens e Adultos (EJA);
  • Etc.

Dessa forma, é uma das profissões mais populares no Brasil!

Marketing

O profissional do Marketing está sendo contratado a peso de ouro no mercado, sendo essa uma profissão essencial na internet. Um formado em Marketing trabalha com estratégias mercadológicas, endomarketing, marketing digital, empreendedorismo, etc.

Para exercer essas funções, o tecnólogo conta com disciplinas como:

  • Direito do Consumidor;
  • Gestão de Projetos;
  • Técnicas de Negociação;
  • Administração Financeira;
  • Análise de Investimentos;
  • Publicidade e Propaganda;
  • Posicionamento de Marca;
  • Etc.

Se trata de um curso com duração média de 4 anos. Contudo, é importante que mantenha o aprendizado fora do curso, já que marketing é uma área em constante mudança digital!

Como garantir a empregabilidade?

Num cenário de desemprego dentro do Brasil, é mais do que importante investir em cursos que retornem maior empregabilidade. Claro que é necessário que invista em algo que você realmente apresente aptidão profissional.

Dessa forma, é realmente possível garantir a empregabilidade, com uma boa profissão e um bom salário ao final do dia!

Baixar eBook Como Criar um Curso Online

Leave a Comment

innovio_logo-04

A Innovio usa tecnologia e design para tornar a experiência de fazer um curso online mais simples e agradável, tanto para quem ensina quanto para quem aprende.

Innovio Desenvolvimento de Software LTDA

CNPJ: 37.480.203/0001-32

Feito com & no